Olá pessoal, tudo bem ?

Não, eu não abandonei o blog. Na verdade, eu tive um mal estar na última segunda feira e fui parar na UTI, na quarta feira a noite fui para a Semi Intensiva e aqui estou até o momento. Não tenho previsão de alta ainda, mas estou muito tranquila em relação a isso, pois como estou no final da gestação, cada novo dia que fico aqui é uma vitória para mim e para minha filha. Então, bem na realidade eu comemoro e não sofro.

Então, espero voltar com o blog, com as visitas e tudo em breve...No entanto, o meu objetivo hoje é um alerta para todas as gestantes.




Síndrome de H.E.L.L.P


O dia em que ganhei uma camisola e não mais precisei ficar nua. o/

Pouco se ouve falar da Síndrome Hellp. Ela é uma complicação obstétrica rara, pouco conhecida e de difícil diagnóstico, que acontece durante a gravidez ou no pós parto, podendo causar a morte da mãe.
Seu nome vem da abreviação de termos em inglês que querem dizer: hemólise (H, hemolytic anemia), enzimas hepáticas (EL, elevated liver enzymes) e baixa contagem de plaquetas (LP, low platelet count), que são as principais características da síndrome.
Normalmente, a Síndrome de Hellp ocorre com o agravamento no quadro de mulheres que sofreram de pré-eclâmpsia, ou seja, hipertensão gerada pela gravidez. Estima-se que 8% das gestantes que sofrem de pré-eclampsia desenvolvam a síndrome. Esse número indica, em porcentagem geral, que o problema atinge de 0.2% a 0.6% das gestações.
Os sinais e sintomas dessa complicação, em um primeiro momento, podem ser confundidos com o quadro de pré-eclampsia grave, ou seja, aumento da pressão arterial e inchaço. Quando o quadro se agrava, resulta em edema agudo dos pulmões, insuficiência renal, falência cardíaca, hemorragias e ruptura do fígado, podendo levar a morte materna.
Quando a doença é diagnosticada, através de exames laboratoriais e clínicos, o tratamento indicado é interromper a gestação, independente da fase gestacional, para que o quadro geral da mãe seja corrigido. Muitas vezes, dependendo da idade gestacional do feto, ele não sobrevive.
As mulheres com maior predisposição para desenvolver a doença são as que sofrem de doenças crônicas do coração e rim, pacientes com diabetes ou lúpus. Infelizmente, não há nenhuma maneira de evitar a doença. Apenas as pacientes que já tiveram a Síndrome de Hellp, ao engravidarem pela segunda vez, podem tomar algumas providências para diminuir o risco.
Em geral, ajuda manter o peso controlado, fazer uma dieta adequada e ter um estilo de vida saudável. O pré-natal bem assistido é importante para detectar qualquer alteração na saúde da mãe e do feto precocemente e tomar as medidas para evitar que o quadro evolua para um estado grave.
Texto retirado do site Guia do Bebê 

Porque falar sobre isso ?



Óbvio que aqui estou vivendo uma realidade diferente do mundo aí fora, aqui são os casos de superação, de cada dia de uma vez, de aprendizado e de vida mesmo. Uma luta diária. Algo que muitas vezes, na vida aí fora, é algo que simplesmente passa, a vida ligada no automático correndo.
A suspeita do meu caso, quando cheguei era esse. Fui fosfatada por 24 horas consecutivas, termo utilizado aqui e conseguimos resultados satisfatórios, eu tive sorte ? Fé ? Não sei, mas o que sei é que eu sou a exceção e não a regra.
Essa síndrome ocorre quase que de forma silenciosa e em questão de horas ela pode levar ao óbito da mãe e ao óbito do bebê. 
Então mamães e futuras mamães, mesmo que NUNCA tenham tido problemas de pressão (eu nunca tive), vamos fazer um acompanhamento maior na gestação, dieta adequada e se possível caminhada ou atividade física, tudo isso certamente irá ajudar muito.
Os meus sintomas foram : Pressão 17x10, vômito constante e sem controle, dor abdominal, dor na nuca e inchaço na mão de forma absurda. No primeiro dia a conduta foi como falei a proteção com o fosfato e o corticoide para em caso de necessidade de parto, os riscos para a bebê serem menores. As primeiras 24 horas foram decisivas e graças a Deus o parto ainda não foi necessário. Enquanto isso, eu sigo aqui em recuperação e acompanhamento constante.
Meus mais sinceros agradecimentos a toda equipe da UTI e da Semi Intensiva do Hospital e Maternidade Santa Joana, que estão cuidando de mim com um super carinho e atenção. Pessoas tratando de pessoas e isso faz toda a diferença em um momento como este.
Beijos em todos vocês e até breve.




Olá pessoal, tudo bem ?

Hoje venho trazer uma novidade que me deixou muito feliz, li lá no blog da Gislaine o Profissão Escritor e maiores detalhes sobre essa novidade, você pode clicar no link da Gis, afinal o crédito é todo dela.
Eu não sabia disso e achei sensacional.
Sairam 3 contos e estão disponíveis em português, o link para comprar estará aqui embaixo e a melhor parte ? Baratinho.

Obrigada Gis, por compartilhar conosco essa maravilhosa notícia.






Olá pessoal, tudo bem ? Eu estou quase no oitavo mês de gravidez e como estou em repouso, tenho aproveitado para ler e assistir séries de Tv. Aí me dei conta que tem tempos que não faço uma postagem como essa, antigamente eu sempre "trocava figurinha" através deste tipo de postagem e agora que o Netflix (finalmente) liberou várias séries, ficou mais fácil falar sobre isso. Vamos lá ?!

PS : Por favor, sem spoilers.

# Grey's Anatomy



Várias amigas minhas comentavam sobre essa série e eu sempre ficava "viajando", até que dia desses no Netflix, lembrei dela e resolvi começar a ver. Confesso que eu esperava mais, neste momento estou no começo da quarta temporada. Mas vamos lá, sigo assistindo e todas as noites vejo pelo menos um episódio. E o Netflix acabou de liberar mais uma temporada.

# House



Sou fã incondicional de House, amo de paixão. Já vi tudo duas vezes e agora vendo de novo na sexta temporada. Sempre que estou com sono, mas quero assistir algo, escolho House, não sinto culpa por dormir em um episódio, afinal já assisti rsrsrs.
Adoro o sarcasmo, irônia e inteligência dele.

# The Good Wife



Essa série é sensacional, gosto muito dos casos abordados e da desenvoltura da Alicia. No entanto, acho ela cansativa para fazer maratona.

# Once Upon a Time



Eu conheci essa série antes da estréia, na época, eu estava nos Estados Unidos. Quando voltei, alguma amiga, acho que a Dani Malacrida que me contou a respeito e eu lembrei, aí comecei a assistir. Agora, vou acompanhando conforme sai no Netflix, pq não ando com pique de ficar assistindo on line.

# Suits


Essa foi indicação da minha amiga Aline Oliveira e na primeira postagem que fiz, esqueci de colocá-la, mas fiquei pensando qual era a série nova que comecei a ver rsrsrs. Cabeça de grávida tem disso.
Essa série tbm trata sobre advogados, ou quase isso rsrs. Gosto bastante.

Também assisto :

* Elementary
* Agentes da Shield
* Drop Dead Diva
* Arrow
* Demolidor
* Beauty and The Beast
* Shadow Hunters
* Agent Carter
* Teen Wolf


Não gostei :

* The Walking Dead
* Stranger Things
* Orange is New Black

E você ? O que anda assistindo ? O que gosta ou não ? Tem alguma dica de filme, compartilha comigo... Beijos




Sobre :

Série - Hush, Hush
Livro 2 - Crescendo
Autora - Beck Fitzpatrick
Páginas - 285
Editora - Intríseca

Skoob / Goodreads / Orelha de Livro

Compre Aqui :

 

Impressões :

Li este livro já tem bastante tempo, bastante mesmo, mas me dei conta que ainda não havia resenhado ele por aqui. Como faço anotações de minhas leituras, decidi escrever sobre... Mesmo sendo um livro que deve ter caído no esquecimento, ou muita gente já ter acabado a trilogia (eu não li o último, tenho esse problema em me desapegar), foi um livro que gostei muito, diferente de tudo o que tínhamos na época e enfim, capaz de me cativar.

Este é o segundo livro da trilogia Hush Hush.

No primeiro livro, temos um padrão do enredo que se mantém, já neste segundo livro, tudo muda a todo instante. A escrita da autora vai te levando por uma vertente e quando você está completamente convencido, tudo fica diferente.
Embora pareça algo confuso, tudo aconteça de uma forma muito natural e envolvente.

É tão envolvente, que somos capazes de nos envolver emocionalmente com a Nora, eu senti toda a sua confusão, a sua dor e os seus sentimentos.

Neste segundo livro, diferente do final óbvio do primeiro, esse livro termina de forma inesperada. Fiquei sem fôlego em vários momentos, me perguntando : 'E agora ?' 

Esse livro trata de mistério, suspense e gira em torno da literatura fantástica, caso você não goste deste estilo de leitura, poderá considerar uma enorme perda de tempo. Caso contrário e caso ainda não tenha lido, vale muito a pena.